19 setembro 2015

[Resenha 85] Belo Desastre // Jamie McGuire


Resultado de imagem para belo desastre capaBelo Desastre // Jamie McGuire
Verus // 392 páginas

Tava aqui olhando os livros que já foram resenhados para fazer a minha resenha quando percebi que, COMO PODE?!, eu ainda não resenhei uma das minhas séries favoritas.
Vamos falar do homem dos meus sonhos e meus cunhados também!!!!



Minha opinião

Descobri esse livro ano passado, estava na faculdade e vi uma menina mega compenetrada com ele na mão e achei a capa linda (como eu já disse, SIM, eu julgo livros pela capa) e cheguei em casa e fui procurar resenhas sobre ele, que até então só tinha até o terceiro livro e todo mundo queria o tal do irmão Maddox. Eu, pessoa controlada que sou comprei logo os três livros e os engoli em um final de semana. Porém vamos falar apenas sobre o primeiro hoje. Num quarto repleto de Julia Quinn, Lisa Kleypas e Nicholas Sparks, um NA com um toque picante e muito romance foi meio que fora dos padrões. Porém esse é um livro bem contraditório. Enquanto uns amam enlouquecidamente, outros odeiam. Eu amei e fiz todas as minhas amigas lerem para comentarmos e não vejo a hora de virar filme. É um romance bem conturbado, com confusões, momentos de final nem um pouco feliz e muita superação. Confesso que achei o começo do livro meio parado e cheguei a cogitar deixar de lado e partir pra outro e ler depois. Graças a Deus não o fiz, as vezes vale a pena dar aquela empurrada com a barriga pra ver se a leitura flui. Até me identifiquei um pouco com a Abby, exceto pelo fato de que eu tô longe de ser a menina exemplo na família e infelizmente nenhum ex namorado meu chega aos pés de Travis Maddox (uma pena! hahahaha)
Acho que esse livro mostra bem como os opostos se atraem e como toda forma de paixão é válida.

A trama

Abby Albernathy é a típica menina chata de quem eu jamais seria amiga.. haha
Não bebe, não fala palavrão, não sai a noite, tem as notas sempre altas e é o orgulho da família. Ou deveria ser.. Ao se mudar para cursar universidade, ela acha que deixou seu passado sombrio pra trás. Até cruzar com o bad boy da faculdade. Já ouviram falar que sempre 10 meninos que querem a gente, 9 maravilhosos mas nós queremos aquele 1 que não presta?? Com Abby talvez não seja tão diferente. Com suas tatuagens, sua má fama e seu passado negro, Travis Maddox é tudo que Abby quer evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro fácil em um clube de luta clandestino e durante o dia, seduzindo as meninas com seu charme. Após ver que Abby é diferente, pois ao contrário da maioria, ela não cai na sua lábia e nem se rende aos seus encantos, não tem medo de mostrar que não se importa com o rapaz e não tem pretensão de se diminuir para atrair a atenção dele. Travis entra numa aposta para provar a Abby que ele pode ser exatamente o que ela procura. Se ele perder, ficará um mês sem sexo, se ela perder, terá que morar em seu apartamento por um mês. E é óbvio que ela perde. Aí então ele percebe que, qualquer que fosse o resultado, ele acabaria perdendo, pois Abby consegue ser tão resistente quanto ele insistente, e numa mistura de confusão, romance, raiva, brigas, eles se envolvem sem nem perceber. Eles vivem uma história de gato e rato, de tapas e beijos. Enquanto Travis tenta de qualquer maneira conquistar Abby, a menina utiliza a mesma força para resistir ao bonitão. Porém, todo mundo têm segredos, até as melhores famílias, e é aí que será decidido o quão forte é o que sentem pelo outro.

Resultado de imagem para belo desastre

Os personagens

No jeitinho que eu amo, Jamie coloca cada livro com o ponto de vista de um personagem, e esse é narrado por Abby. Entre as decepções constantes que Travis é para Abby, ela mostra que quer realmente acreditar que ele pode ser diferente. Mas o rapaz não ajuda. Nos mostrando seus conflitos, suas dúvidas, suas mágoas seguidas de momentos de felicidade que não duram tanto, quando Travis novamente tira sua máscara, o livro mostra que segredos podem ser a salvação ou o término de um amor. A autora narra em primeira pessoa todos os sentimentos e pensamentos de Abby, como ela acha que se meteu em uma furada aceitando a aposta, e de fato se meteu. Como ela pensa várias vezes em desistir, porém é orgulhosa demais para dar o braço a torcer e como ela deseja que Travis realmente seja o que diz ser. Abby se mostra uma personagem nem um pouco mocinha inocente mosca morta e que tem uma personalidade forte e sabe o que quer, e que não vai aceitar menos do que acha que merece. E por isso não tem dó nem pensa duas vezes antes de tratar Travis com nada menos do que indiferença e fazê-lo se arrepender de cada passo em falso que ele dá ao longo da trama. Travis é o típico galinha conquistador, que não quer um relacionamento e para ele, as mulheres não passam de apenas uma noite de amor. E isso sempre ficou bem claro para todos e inclusive para Abby, que com toda razão, tem precedentes para não confiar na atitude de bom moço repentina do rapaz. Com uma história conturbada no seu passado, que é mostrada em determinada parte do livro, Travis a surpreende a apoiando num momento em que ela mais precisa, para logo em seguida estragar tudo de novo. O livro não aborda somente a relação de Abby com Travis, também mostra sua amizade com Meri e seu relacionamento conturbado com seu pai, mas o foco principal é o casal. Esse foi um livro que eu terminei e senti saudade dos personagens. Eu chorei, senti raiva, pena, me apaixonei... tudo ao mesmo tempo e adoro livros que têm esse efeito, que causam as mais diversas reações no leitor.
Eu sou apaixonada por essa série e sou suspeita para falar. Porém, LEIAM! APENAS LEIAM!






14 comentários:

  1. Oi querida,
    Li esse livro há algum tempo e ainda não sei se amo ou odeio. Ele também me fez sentir várias emoções, porém o ciume possessivo do carinha em questão realmente me desanimou. Cruzes...não gosto de gente assim. Porém, para quem adora um YA com pegada esse realmente é uma boa pedida.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu acabei o primeiro livro com o mesmo pensamento.. agora lê o segundo, que é a versão narrada por ele que você simplesmente vai se APAIXONAR por ele

      Excluir
  2. Já queria ler esse livro a um bom tempo e graças a sua resenha comecei a ler hj haha
    http://utopiasdegarotaa.blogspot.com.br/
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só cuidado pra NÃO FAZER que nem eu e ficar um final de semana inteiro trancada no quarto pra acabar a série... hahahhaa

      Excluir
  3. Oiee.

    Li esse livro há pouco tempo e amei a escrita da autora. Não gostei muito da personagem principal, mas isso acontece vez ou outra. Quanto ao Travis ele é maludo e muito lindo. Quero muito ler os outros livros e conhecer um pouco mais do universo deles

    Beijos
    http://www.amorliterariooriginal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Gabi, eu sou fã dos Maddox, estou lendo Bela Redenção que é uns dos irmãos o Thomas, achei a narrativa da Jamie super tranquila e bem jovial, eu não gosto da Abby acho ela mega chata kkk
    Bjkas

    ResponderExcluir
  5. Olá. Bom eu comecei essa leitura no ano passado e confesso que o começo não me animou também, mas ao contrário de você, acabei desistindo da leitura. Agora, tenho lido mais livros desse gênero, com enredo bem parecido. Fiquei com vontade de recomeçar a leitura, por que seu entusiasmo com o livro me contagiou.

    Beijos, Lara.
    http://www.imperio-imaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Poxa, que legal que gostou tanto da leitura, só ouço elogios e morro de curiosidade de ler, espero poder em breve, sua resenha está ótima.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gab lindona tudo bem ?
    Sou fã de carteirinha do Travis e Abby, já li e reli umas 03 vezes o livro, adoro a escrita da autora, os personagens me conquistarem desde o começo, Abby me surpreendeu na mesa de jogo adorei essa cena. Minha filha leu e amou, Agora vou embarcar na família Maddox e ler os demais livros. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu tbm acho a capa desses livros bem bonita. Não li nenhum ainda, mas sempre vejo elogios, como não curto muito romances, fico um pouco com o pé atrás, mas ainda sim tenho vontade de ler um dia para ver se gosto. Bjus!!!
    http://www.lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gabi, eu também sou mega apaixonada por essa série, mas tenho um relação de amor e ódio com os personagens hahahaha Ao mesmo tempo que me emociono com eles, quero matá-los por não saberem conversar.
    Você conhece a série Real? A proposta é bem parecida com a de Belo Desastre, mas os personagens conseguem conversar rs

    Beijos, Andressa
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Amo resenhas empolgadas como essa, ainda mais de um livro que tenho na minha estante. Bom, eu tenho interesse em ler essa série, mas também tenho muito medo de odiar o Travis porque ele parece ser bem intransigente e odeio personagens assim. Apesar disso, eu sou apaixonada pelo gênero New Adult e por isso quero investir na série.
    beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Nem posso falar dos Maddox pois sou suspeita haha Amo amo amo! O livro foi uma abertura do New Adult para mim e fiquei realizada. Um dos meus livros favoritos! Não tem como não amar o Travis haha Adorei a sua resenha!
    Beijos, Nathália
    http://livrosdagarotavermelha.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Não posso nada pq eu não li e assim até já tive vontade, enorme por isso, mas isso passou e nem ligo mais pro livro, pode ser que venha ler, mas não por enquanto.
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...