22 dezembro 2014

[Resenha 34] Freud, me tira dessa! // Laura Conrado


Ei gente!!

Vemm logo 2015, juro que n to aguentando mais a correria do fim do ano! Mas as folguinhas que vem por ai já me animam um pouco, preciso descansar e por mil coisas do blog em dia, por enquanto to fazendo só as prioridades, mas sabe quando vc quer tudo em dia direitinho e nunca sobra tempo?! Então... A resenha de hoje é de um livro nacional cuja autora é uma fofa que conheci na Bienal de Minas este ano! Valeu a pena d+ a comprinha!!

Minha Opinião

Tudo que eu precisava depois de duas trilogias de distopias pesadas .. um chick lit p lá de divertido!
Li mega rapidinho, leitura leve e super gostosa, a única coisa que me incomodou um pouco foram alguns erros de digitação. A leitura fluiu e a gargalhada matinal e antes de dormir era garantida!
A personagem é bem doidinha e as vezes a gente até se identifica! Fora que por trás da personalidade de Catarina, tem um trauma que vem la da infância, e durante o livro Catarina vai se descobrindo e amadurecendo.

"Que médico a gente procura para dor na alma? Ele daria um atestado para afastamento do trabalho por rejeição de mãe?"




A Trama

O livro conta a história de Catarina, uma jovem totalmente idependente que foi morar na capital sozinha, tem carro e um emprego fixo com uma carreira promissora, Catarina só não tem tanta sorte nos relacionamentos, todos os caras com quem ela envolve nunca fica de vez na vida dela, até que ela procura um terapeuta p tentar entender o que se passa na cabeça destes homens que sempre deixam Catarina antes de engatar um relacionamento sério, porém na terapia ... é clarooo que Catarina ia arrumar mais um probleminha básico p vida dela né? Num é que a danada se apaixonou pelo terapeuta? Hahahahha senta que a história é boa, longa e mega engraçada!

"Dentro de mim cabiam todos os desejos. Talvez por isso, algumas coisas estavam travadas: eu não tinha certeza do que queria."

Os Personagens

Não tem muito o q dizer sobre os outros personagens, gostei de uma amiga da Catarina em particular pq me identifiquei com um probleminha que ela tem relacionado a carro e direção hhahah, juro que pensei até em procurar um terapeuta!
Quanto a Catarina eu tinha muita vontade durante a leitura de ter uma oportunidade de uma conversinha com ela só p dizer: "Cresce minha filha!!" Catarina é hilária, inteligente, batalhadora e super idependente p idade dela, porém tem algumas caracteristicas bobinhas que não condiz com a personalidade dela, como por exemplo uma invejinha boba de irmã, apego a uns caras do passado, fala sério, mas eu curti a Catarina d+, Até animava de tomar umas com ela e rir do seu jeitinho engraçado!!

"Mas estar com alguém é isso, Catarina. É deixar a outra pessoa te ver como você é. É estar exposto, correr o risco."

Diagramação

Como eu já disse antes, o que me incomodou um pouco foram os diversos erros de digitação que eu percebi no decorrer da leitura, no mais, a capa é fofa e a cara da história, a fonte tb é ótima e eu adorei os trechinhos aleatórios que encontrei no início de cada capítulo!

"Sair da sua rotina faz você ver as coisas de outro ângulo, de outro jeito. Sair do ninho é difícil, mas voar vale a pena demais!!"





8 comentários:

  1. Oi, Aline!

    Sei bem como é essa correria de final de ano. Tô igual você! Fico arrasada quando não consigo colocar as coisas do blog em dia... Mas logo logo passa! hehe Não costumo ler chick lits, mas esse parece ser bem divertido. Quem sabe, talvez, algum dia eu leia ele hahah :P

    Beijos!

    www.livroseflores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!!
      Nossa e eu to na correria até hj hahahahah
      Dê uma chance aos chick-lits Ju ahahahaha
      Bjos!!!

      Excluir
  2. Eu já li uma resenha desse livro e também foi positiva como a sua parece ser um livro bem leve e rapido de se ler. Ele chamou minha atenção.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Denie!
      É uma leitura mega divertida!!
      Bjos!

      Excluir
  3. Oi, Aline!
    Feliz Natal!
    Faz tempo que não leio nenhum chick-lit =(
    Adorei a ideia desse livro, parece engraçado e bem leve e divertido. Acho que seria uma boa pedida pra mim!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priih,
      Obrigada.
      O livro é mega leva e meeeggaaaa duas vezes divertido =)
      Bjos!

      Excluir
  4. Oi Aline, tudo bom?
    Estou com taaanta vontade de ler um chick lit! Só li um na vida, e ando numa sequencia de histórias mais pesadas. Um chick-lit seria uma boa pra me tirar da tensão, hehe.
    Adorei a sinopse deste, fiquei muito curiosa com a sua resenha! Já tinha ouvido falar dele, mas nunca tinha lido anda sobre. Fiquei bem interessada!

    Um abraço,
    http://winterbird.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica,

      Nossa eu sempre adoto o método chick-lits entre leituras tensas hahahahah!
      Que bom q gostou!

      Bjos!!

      www.leituravipblog.com

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...