29 setembro 2014

[Resenha 23] A Senhora do Jogo - Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe



A Senhora do Jogo // Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe // Record // 461 páginas // Compare Preços //  ISBN: 978.85.01.08851.2

Ei pessoal, empolgada me define neste momento hahahah, primeira resenha que vou fazer de um livro do meu autor favorito da vida ... Sidney Sheldon, já estou quase acabando de ler todos os livros do autor, acho que faltam 5, mas pretendo reler meus favoritos .. Se Houver Amanhã, A Ira Dos Anjos e Conte-me seus sonhos, quanto mistério e quanta inteligência p um autor só né minha gente? Fora o tanto de países que eu "visitei" dentro da minha casa lendo estas páginas. Incrível e apaixonante!

A Trama

A Senhora do Jogo é a continuação do livro o Reverso da Medalha, o fato de eu ter lido o primeiro livro há uns dois anos atrás não atrapalhou a leitura, os personagens mais marcantes ficaram gravados na minha mente, (cá p nós, quem esquece as personagens audaciosas de SS?) 
Kate Blackwel, chega ao fim da vida e deixa seu império e maior amor, a mega multinacional Kuger Brent por conta de seu herdeiro Robert, filho de Alex e Peter, porém a família não contava com grandes tragédias que o destino preparava. 
Alex e Eve eram irmãs gêmeas, ambas netas de Kate B, porém só a primeira era dona de uma beleza fantástica, a outra teve o rosto desfigurado pelo marido cirurgião plástico louco de ciúmes, tornando-a  mais cruel e vingativa, a mãe das duas morre ao dar a luz e o mesmo triste destino teve sua filha Alex, que não conseguiu sobreviver ao nascimento de Lexi Templeton, já a irmã Eve, teve uma gravidez tranquila e trouxe ao mundo Max Webster.
Peter se viu sozinho com duas crianças para criar e um grande legado que era a Kruguer Brent para administrar e acabou perdendo a cabeça, seu filho Robert descobriu-se homossexual e perdido nas drogas, Lexi uma criança doce porém dona de uma personalidade forte e ambiciosa, era uma verdadeira mistura de Alex sua mãe e Kate sua bisavó.
Eve criava seu filho Max com valores totalmente distorcidos da realidade, ainda na infância o garoto já era maldoso e vingativo e só tinha olhos para sua única heroína da vida, sua mãe, que o ensinou apenas a querer a presidência da Kruguer Brent a qualquer custo.
Até atingirem a vida adulta e sentirem uma grande atração um pelo outro, muitas coisas aconteceram na vida de Max e Lexi, porém os dois tinham a mesma ambição, a presidência da Kruguer Brent.
Robert enfim conseguiu se desvincular das drogas e foi seguir a carreira de pianista, alegando que a Kruguer Brent não tinha nada a acrescentar em sua vida além de grandes tristezas (concordo com cada linha).
O desenrolar da história é fantástico, muitos acontecimentos acarretam mortes, perdas, triunfo, tudo misturado e bem contado nesta saga continuada de Sidney Sheldon, Lexi tem uma personalidade forte e não está disposta a ceder seu lugar para seu primo Max, que movido pela sede de vingança da sua mãe, planeja a queda de Lexi para sua própria ascensão.


"Agora ela viu que era apenas uma fantasia. A dor sempre estaria ali. Sempre. Nunca teria Fim. Não nesta vida. Só vingança."

Os Personagens

Eu sou fã de Sidney Sheldon por diversos motivos, mas a forma que ele cria suas personagens mulheres com uma personalidade singular me cativa!
A Lexi foi uma criança doce, e desde pequena já tinha indícios da personalidade de sua bisavó, porém em algumas partes do livro tinha características de sua mãe, com um bom coração, adorei a personagem e tinha alguns momentos que ela me irritava um pouco por uma certa ingenuidade que uma mulher  como ela não deveria ter e uma certa ganância desmedida de poder. Odiei Max e sua familia desde o início, impossível gostar, é um inimigo totalmente cruel, Gabe Macgregor também entra nessa história e no meu coração, deu p rir r chorar com Gabe, teve uma história sofrida mas deu aquela volta por cima que a gente fica aqui do outro lado do livro vibrando!
Teve também o irmão de Lexi, o Robert, que apareceu muito no começo da história e depois sumiu, achei uma pena pq adorei ele, o pai dos dois p mim foi um banana completo, deixou se levar pela depressão, tá certo que perdas são perdas e são terríveis, mas a vida continua e existem outras pessoas além de vc e quem vc perdeu, os quais não podemos desampará-los e simplesmente nos entregar. Os personagens mais marcantes foram estes, mas tem uma infinidades de outras pessoas que aparecem no livro e nos cativa ou deixa nosso ódio pulsar de alguma forma!



"Para ela, tudo é um jogo. Só o que importava era ganhar, dane-se a verdade."

Diagramação, capa e escrita

A capa é simples, bonita e objetiva, de todas as edições que conheço, gosto mais desta, o nome do autor Sidney Sheldon está em alto relevo recebendo o destaque que merece (sim sou fã e leria até a lista de compras de supermercado do Sidney Sheldon =) hahahah), as páginas são brancas e eu não gosto, e a fonte tem o tamanho ideal.


"Não me faça perguntas e não lhe conto mentiras"

Conclusão

A resenha está enorme e não tem como ser diferente, a leitura é rica em detalhes tem inúmeros pedaços de histórias fantásticas, em poucas páginas Sidney consegue transformar todo nosso universo, muda o sentido do livro, dos personagens e quando você vê já tá todo mundo crescido e as coisas acontecendo a todo vapor. O livro me prendeu do começo ao fim, em todas as páginas tem emoções de sobra, acho que teve de tudo na medida certa, romance, ação, personagem inesquecível, abuso sexual, homossexualidade, a má educação de Max pela mãe tornando-o um adulto terrível, todos estes assuntos inseridos num contexto eletrizante. O final como a maioria se não todos os livros de Sheldon deixa um gostinho de quero mais no ar, você vira a última página e solta um:
-Uai?! Como assim, acabou?

Espero que gostem e que Sheldon seja p vocês como é p mim, nunca me decepciona ;)




30 comentários:

  1. Eu comecei a ler por romances policiais, sabe? Comecei com a Agatha Christie e me apaixonei, ai acabei comprando um do Sidney Sheldon, mas odiei. Tenho birra com ele e não sei porque AUHSAUHSAUHAUSAHUAHS não consigo gostar dos livros dele e, hoje em dia, nem curto muito policial :/

    bjos,
    Bianca

    www.blogsomaisum.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca! =)
      Comigo é exatamento o contrário, não consigo gostar tanto da Agatha e sou apaixonda com SS hahahah!
      Bjos!

      Excluir
  2. Oi Aline! Sou louca por romances policiais mas não conhecia Sidney que vergonha vou fazer uma busca rs
    Adorei a divisão da resenha
    Beeijos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou Juliana,
      Hahahahah procura um p vc ler e me conta depois!
      Bjos!

      Excluir
  3. Ele também é meu autor favorito, amo o jeito que ele desenvolve a trama de seus livros e sempre nos surpreende no final, também amo o Livro Conte-me seus Sonhos, foi o primeiro livro que li dele e o que apresentou sua escrita perfeita <3 Além é claro de amar romances policiais <3 Ainda não li esse livro mas pela sua resenha deu para ficar com um gostinho de como seria a historia e com certeza lerei esse e o Reverso da Medalha.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica!
      Tb amooo ler cada página escrita por ele!
      É um dos meus preferido o conte-me seus sonhos!
      Bjos!

      Excluir
  4. AMO esse autor, ele é incrível e os livros dele são sempre garantias de boas leituras, apesar de serem pesados. Fiquei curiosa.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Aline. Ainda não li nada do Sidney Sheldon, mas só ouço ótimos elogios a respeito de suas obras. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Eu nunca li Sidney Sheldon, mas tenho muita vontade.
    A resenha está ótima.
    bjs

    http://www.entrepaginasesonhos.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu sou uma Sheldoriana, já li alguns livros dele e amei, nunca li esse, porém, pretendo ler todos e claro ter todos os livros do Sheldon na minha estante...
    Amo demais os livros que li dele.
    beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Bem e vc?
      Tb amo hahahha adorei o Sheldoriana!
      Bjos!

      Excluir
  8. Oi Aline!
    Se eu contar pra você que nunca li um livro do Sidney Sheldon você promete não me bater? Pois é... Mas depois de ler sua resenha, muito perfeita por sinal, fiquei mega curiosa para conhecer o trabalho dele e ler esse livro.


    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahahahahha oi Fer!
      Não vou t bater mas n perde mais tempo rsrsrsrs!
      Bjs!

      Excluir
  9. Oie, tudo bom?
    Adoro livros como esse, que são bem desenvolvidos e possuem um pouco de tudo. Nunca li nada do autor, mas é apenas pela falta de oportunidade.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alinee!
      Qd tiver oportunidade procura um p ler!
      Bjos!

      Excluir
  10. Oi!
    Ainda não li nada do Autor, mas já vi falarem bem dele.
    O livro parece ser fantástico e sua resenha empolgada me contagiou um pouco para conhecer a escrita o Sidney também.
    Vou anotar a dica aqui.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!!
      Super empolgada p falar de SS rsrs
      Bjos!

      Excluir
  11. Oi Aline, tudo bem?

    Acredita que eu nunca li nada do Sidney, pois é. Adorei a sua resenha mega empolgada e fiquei animada de ler também.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Kel!
      Procura um p vc ler, vou adorar ver sua opinião!
      Bjos!

      Excluir
  12. Gente, nunca li nada desse autor, socorro! Preciso ler logo, acho que vou começar com esse livro!
    bjs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  13. Eu li esse livro de muita má vontade. O reverso da medalha é um dos melhores que li na minha vida e depois de todo aquele sofrimento, até que teve um final feliz, dai logo no começo já estraga tudo. Mas é um bom livro sim.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil hahahah!
      Eu sou suspeita p falar de SS!
      Mas adorei os dois!
      Bjos!

      Excluir
  14. Oiee ^^
    Eu nunca li nada desse autor, mas também não tenho vontade de ler. Por mais que muita gente fale super bem dele, não consigo querer conhecer as histórias, pois é um dos gêneros que eu menos gosto *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Dryh
      É qd não e do nosso gosto não da p ler!
      Bjoss!

      Excluir
  15. Sidney Sheldon <3 Primeiro livro que li dele foi o "Se Houver amanhã" <3 Fiquei In love com ele <3 Nunca vi uma personagem feminina tão bem construída e mais cheia de atitude do que nesse livro, depois acabei lendo outros dele mas ainda não li A Senhora do Jogo mas como você falou que as personagens femininas continuam em alta vou me jogar na leitura haha

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhey!
      Foi meu primeiro tb, desde ai me apaixonei por ele hahaha!
      Todos os livros dele são assim!
      Bjos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...