31 março 2016

Sobre a Blogosfera e o futuro do blog!


Oi gente!

Nossa quanto tempo, saudades deste cantinho!
Vim aqui dar uma satisfação e falar dos planos para o futuro.

A minha sensação é que os acessos aos blogs deu uma esfriada, o youtube entrou com tudo e confesso que até eu mesmo vejo muito mais vídeos do que leio blogs =/

Eu não quero abandonar o blog que levou tanto tempo para construir e me trouxe tantas coisas boas, amizades, parcerias, novas leituras prazerosas ... enfim ... resolvi dar uma pausa e quem sabe voltar um dia ...
 Preciso desse novo hiatos para focar no futuro, estou em uma vibe de estudar e construir um futuro mais seguro!

Minha vida de leitora começou bem antes do blog e obviamente não parou com ele, vivo lendo, sempre com um, dois, três livros na bolsa, então tenho muito conteúdo para compartilhar com vocês, por isso resolvi não parar com o instagram do blog, @leituravipblog por enquanto o foco vai ser todo para ele, vai ter dicas e muita coisa boa do mundo da leitura! Quem ainda não segue começa a seguir lá pq vai ter muita foto legal, muitas promoções e muito conteúdo interessante!!




04 fevereiro 2016

[Resenha 109] Paixão sem limites // Abbi Glines


Paixão Sem LimitesPaixão sem limites // Abbi Glines
Arqueiro // 192 páginas




Hey people!
Se tem uma expressão que descreve esse livro na minha vida é "um tapa na minha cara".
Eu tinha um mega preconceito com ele, não sei de onde, que eu cismava que ele era livro erótico e não queria ler de jeito nenhum.
Mas aí uma amiga minha comentou sobre ele meio que dando um spoiler e eu fui lá, ver pra crer.
E AMEI!


O livro

"Ele podia ter tudo que quisesse. Menos ela.
Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas."


Eu não sei porque, mas eu sempre achei que esse livro era parecido com o da Sylvia Day, não sei de onde eu tirei isso.
Sempre o via na promoção mas nunca comprei porque pensava "ah ta muito barato, deve ser ruim".
Ai ouvi um spoiler de uma amiga e resolvi dar uma chance.
MEU DEUS, QUE LIVRO FOFO!
Tá, fofo não é bem a palavra, ele tem umas partes bem picantes, mas achei que ele segue bem a linha de Belo Desastre e Batidas Perfeitas.
O livro conta a história de Blaire Winn. Sua mãe acaba de morrer de câncer, seu pai fugiu de casa um mês depois de sua filha Valeria, irma gêmea de Blaire ter morrido em acidente de carro em que ele dirigia. São chão, sem dinheiro após ter que vender tudo que tinha para pagar os custos hospitalares da mãe e sem ter onde morar, ela recorre a única pessoa que ainda resta em sua vida. Seu não muito amado pai.
Após mudar de cidade com uma mala, sua caminhonete velha e 20 dólares no bolso, ela tem uma surpresa não muito feliz ao chegar em Rosemary Beach: seu pai mais uma vez a abandonou.
No fundo ela sabia que não podia confiar nele, mas não tinha outra alternativa.
Ao chegar na nova residência do pai, ela se depara com Rush, o filho da sua nova madrasta.
Com raiva, mas também com pena da situação, ele dá uma quarto numa despensa e um mês para que Blaire consiga arrumar um emprego, juntar algum dinheiro e arrumar um apartamento.
Porém quanto mais os dias passam, mais ele percebe que Blaire não é nada daquilo que ele achava. Ela não é aproveitadora como o pai, e mesmo com tudo contra ela, ela se esforça e não reclama de nada.
Rush, o garanhão que não se apega a ninguém e todo dia leva uma mulher diferente pra casa, é tudo que Blaire sempre quis evitar. Filho de um famoso astro do Rock, milionário e com um amor inigualável por sua irmã mais nova, ele têm um segredo que pode destruir Blaire.
Desesperançosa no amor, após seu namorado de adolescência abandoná-la quando ela mais precisou, Blaire não pretende se envolver. Mas Rush provoca nela um misto de emoções e ela faz com que ele pense que pode amar pela primeira vez. Conforme o tempo passa, Rush quer Blaire cada vez mais perto ao invés de pedir que ela se mude, o que pode ser um problema, que só é apresentado no final.
O livro tem cenas picantes, mas é bem gostosinho de ler, e você fica o tempo todo naquela expectativa imaginando mil coisas sobre qual o segredo que Rush tem e Blaire não pode saber e porque sua irmã a odeia tanto.
Woods, um personagem secundário, mas que é quem acolhe Blaire e lhe da um emprego, tem um papel bem cativante.
São 4 livros e eu li OS QUATRO em três dias. A série é viciante.
Vou postar em sequência as resenhas dos outros três..



01 fevereiro 2016

[Resenha 108] Fingindo // Cora Carmack


FingindoFingindo // Cora Carmack
Novo Conceito // 336 páginas




Volteeeei com a continuação do livro Perdendo-me. 
Eu havia dito que apesar de ter gostado da história, não tinha sido algo tão profundo assim e eu tinha outros livros na frente.
Mas aí ele ficou disponível de graça num site de e-book ai e eu baixei.




O livro


"Por quanto tempo você consegue prender alguém?
Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você."


Enquanto o primeiro livro foi focado no romance de Bliss e Garrick, esse conta a história de Cade. O melhor amigo apaixonado por Bliss termina o primeiro livro com o coração despedaçado quando é trocado pelo professor. Ele tenta manter as aparências e seguir com a vida, esperando que uma hora a dor passe. Então ele conhece uma menina maluca de cabelos coloridos fazendo uma proposta inusitada.
A história começa contando o ponto de vista de Max, de cabelos coloridos, tatuagens e trabalhando num estúdio de tatuagem de dia e como dançarina em um bar a noite, tudo que seus pais abominam, ela quer juntar dinheiro pra poder seguir sua carreira dos sonhos que é ser cantora. Em uma cafeteria com seu namorado roqueiro, tatuado e não muito inteligente, tudo que seus pais não querem pra ela, ela descobre que ambos estão bem perto e querem visita-la. Com medo da reprovação dos pais, ela se dirige a um rapaz com cara de certinho que esta sentado na cafeteria e pede para que ele finja ser seu namorado pelos próximos minutos. Cade, que está tentando esquecer Bliss, vê como uma forma de por em prática sua carreira de ator e aceita. O que ela não esperava é que seus pais fossem adorar Cade, e ela também.
No intuito de seguir com a farsa, eles continuam se aproximando, se conhecendo e descobrindo que ao mesmo tempo que são tão opostos, eles são parecidos, um encontra no outro o que falta em si. Ela é o quê de loucura que ele precisa na vida e ele é o ponto de equilibrio que falta em suas loucuras.
Tem uma parte meio cansativa, aquilo de "ela não me quer, não vou atras dela", "ele é bom demais pra mim, não posso estragar a vida dele", mas depois que isso passa a história fica um amor.
Eu gostei muito mais desse do que do primeiro livro, não sei porquê. Acho que pelo fato da história abordar certas instabilidades dos dois e mostrar como eles lutam para, mais do que aceitar o outro, aceitar a si mesmos.
Mais um livro que ganha meu coração por abordar os dois POV e uma história realmente boa por trás das cenas de sexo e confesso que se fosse só pela capa, acho que eu nem olharia o livro. Ela dá uma impressão de que a história pende para outro lado, o que não é verdade.




28 janeiro 2016

[Resenha 107] No limite da atração // Katie McGarry


No Limite da AtraçãoNo limite da atração // Katie McGarry
Verus // 364 páginas




Olá pessoal, mais uma resenha animada por minha parte.
Esse começo de ano tá produtivíssimo aqui, dia 27 hoje e eu já li 10 livros!
Então vamos pra esse que é só amor?






O livro


"Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente.
No Limite da Atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar."


Tava no pique ainda da série das Batidas Perdidas e fui olhar no skoob livros semelhantes e vi esse ai. Uma amiga minha já tinha me dito sobre ele, mas eu confundi com a série "Sem limites" da Abbi Glines, que até então eu achava que era de temática pornô, mas descobri essa semana que não e devorei a série toda em 5 dias, mas isso é assunto pra outro post. Mas enfim, peguei pra ler e a princípio é bem parecida com a maioria desses livros NA, mas o livro tem um diferencial.
Echo Emerson era uma menina popular e cheia de amigos, porém após uma noite onde ninguém sabe o que aconteceu, Echo mudou e ficou reservada, tímida e um pouco receosa. Cheia de cicatrizes mal explicadas que viraram alvo de fofocas, ela deseja que sua vida só volte ao normal. E é quando ela cruza com Noah Hutchins, o badboy do colégio, desejado por todas as meninas. Já Noah, perdeu seus pais em um acidente e foi direcionado a um lar adotivo, sendo assim separado de seus irmãos mais novos. Seu foco é terminar o colégio, arrumar um bom emprego e conseguir de volta a guarda dos irmãos. Porém suas notas não estão boas e a terapeuta e assistente social Sra. Collins o encaminha para uma monitoria. Echo é direcionada também pela Sra Collins a a ser monitora de Noah, eles se aproximam, e descobrem que têm mais em comum do que pensam. Noah torna os dias de Echo que são um inferno em algo mais leve e a amizade que surge entre eles aos poucos vai se transformando. 
A Sra Collins que deveria ser um personagem secundário se faz bem presente na história e confesso que tive meu grau de apego a ela. A vida de Echo começa a entrar nos eixos, porém algo do passado relacionado a noite das cicatrizes a assombra e ela não consegue se lembrar, embora saiba que essa seja a chave pra solucionar todos os seus problemas psicológicos. Echo se sente abandonada depois que seu pai se casa de novo com a antiga babá e descarrega toda sua raiva nela. Achei que o livro foca bem na carga emocional e nos problemas que realmente existem em pessoas que sofrem grandes traumas e os "apagam" de sua memória para superar. A história apesar de romântica mostra mais como o amor pode ajudar a superar certas coisas do que o romance propriamente dito. Não tem aquele drama "será que ele gosta de mim?", "será que ela me quer?" nem triângulos amorosos. Apesar de cenas quente, não houve o apelo erótico e isso me conquistou bastante, dá pra escrever um livro que prende sem a necessidade de cenas de sexo a cada 5 páginas. E o livro tem também os dois pontos de vista, uma coisa que quem me acompanha aqui sabe que eu AMO. Adoro saber a visão pessoal de cada um em cada acontecimento e na maioria das vezes o POV masculino SEMPRE me agrada mais.
A história me lembrou bastante o livro "Mar de tranquilidade" também...
Estou com os outros dois volumes aqui, mas ainda não li.. assim que o fizer trago as resenhas.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...