20 janeiro 2017

Resenha [114] Um Caso Perdido // Colleen Hoover


Título: Um Caso Perdido
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera
Número de Páginas: 384
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione

Compare: Amazon ♥ Americanas ♥ Submarino ♥ Saraiva

"Fodam-se todas as primeiras vezes, Sky. A única coisa que importa para mim com você são os para sempre"




 Olha, eu já era fã da Hoover pela série Slammed, mas depois deste livro, o lugar desta autora no meu coraçãozinho ganhou espaço mais que especial ... Como lidar gente?! 

Um caso perdido foi um livro que me surpreendeu do começo ao fim, eu sou do tipo de pessoa que ama adivinhar o que me espera ao final de cada livro, e este livro caros amigos leitores, não me deixou nenhuma pista mas também não descarto a possibilidade da torrente de lágrimas ter distraído meus pensamentos ... enfim ... 

Sky levava uma vida tanto quanto anormal até sua adolescência, sua mãe adotiva era a maníaca das comidas saudáveis + aversa aos avanços tecnológicos, Sky não tinha celular, não tinha tv em casa e nunca tinha ido ao colégio. 

Graças a sua amiga Six ( personagem secundaria que amei 💕) ela consegue convencer a mãe de ir para escola pela primeira vez, mas como nem tudo são flores , Sky vai sofrer um pouco com o julgamento dos colegas da escola graças a fama que conquistou mesmo não estando presente na vida daqueles que decidiram difama - la.

 
Eis que surge um cara "novo" na cidade, aquele típico cara lindo de tirar o fôlego de qualquer pobre mortal, o único problema é que o cara lindo, no caso Holder parece ser um pouco explosivo e tem uma tatuagem no braço escrito hopeless (caso perdido), quem quer se apaixonar por um caso perdido?! Aos poucos Sky e Holder vão se conhecendo e prendendo o leitor nesta história intensa que fala de amor acima de tudo. 

Reviravoltas, segundas chances, segredos devastadores que chega a doer o coração é o que temos em Um Caso Perdido. De longe é um de meus romances favoritos. A forma que eles se apaixonam é totalmente compreensível pela história de vida dos dois.

Sky é uma personagem autêntica, pouco preocupada com a opinião dos outros e forte, que encontrou em Holder um cara que se tornou Durão por todas as adversidades da vida, um alicerce para conseguir superar todas as surpresas contidas neste livro apaixonante!💕 

Leitura recomendada e obrigatória!



Resenha [113] Jantar Secreto // Raphael Montes

Título: Jantar Secreto
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 360
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione

Compare: AmazonAmericanasSubmarinoSaraiva


"Então, Fico tentando lembrar sem sucesso do momento em que me dei conta de que a Antônia era o frango que eu comia no almoco, que a vaquinha de pelúcia era a mesma do bife acebolado , que os porcos do quintal estavam na linguiça que eu adorava nos churrascos. Entende o que quero dizer? É uma mudança e tanto na vida de alguém, e eu deveria lembrar, mas não me vem nada. Isso me perturba , tira meu sono. Quando é que as crianças descobrem que aquilo que a mãe delas colocam no prato é tipo a Peppa Pig? Quando é que percebem que assamos e comemos a galinha pintadinha? E como é que elas não ficam indignadas com isso?" 


 Sabe, se você não tem estômago para certas coisas, este jantar secreto não é para você! Este livro é o terceiro livro que leio do autor, com um certo tempo a gente já faz ideia do que esperar dos livros né? 
Mas neste Raphael Montes se superou, a narrativa estava mais envolvente que nunca, os personagens muito bem construídos, o universo muito bem detalhado, fiquei com medo de verdade de ir p Rio na bienal.

Nos envolvemos na história através de Dante o protagonista, ele e mais 3 amigos saem de uma cidadezinha do interior e vão para o Rio, ingressar na faculdade e ir em busca de seus sonhos (Ganhar muitos dinheiros e sambar na cara da sociedade).

O tempo passa e Dante, Leitão, Miguel e Hugo percebem que a realidade é outra. O orçamento fica cada vez mais apertado, ninguém ficou milionário depois de alguns anos na faculdade, e para piorar a situação, Dante recebe uma ligação da imobiliária dizendo que o aluguel estava 6 meses atrasado. Dante não conseguia acreditar nesta situação, eles deviam exatos R$ 25.000,00 para a imobiliária, porém todos os meses a quantia era repassada para Leitão transferir para a imobiliária.


Dante chega em casa para tirar satisfação com Leitão e a situação só piora, ele descobre que Leitão gastou todo o dinheiro com a prostituta que eles tinham dado de presente para o amigo virgem em seu aniversário.

Frustrados os 4 amigos precisam de uma solução rápida para o pagamento do aluguel. Hugo um chefe de cozinha orgulhoso e com sua carreira fracassada tem uma ideia fantástica de se cadastrar no site que promove jantares secretos em lugares reservados no Rio de Janeiro . Como Leitão era o hacker da turma, ele fez o cadastro no site, porém com duas pequenas alterações ...

No lugar do requintado cardápio do Hugo, eles iriam servir carne humana 😨 e ao invés de $300,00 o investimento para participar do jantar secreto era de $3.000,00 e o pior ... a lista dos 10 convidados foi preenchida nos primeiros minutos. Obviamente o site derruba aquela oferta ridícula de jantar, mas Leitão com toda sua experiência nos paranauê da tecnologia, consegue o contato de todos os interessados que rapidamente depositam o $$ na conta!


Os 4 amigos precisam sair dessa e ainda pagar o aluguel atrasado, a personalidade de cada um vai mudar todo rumo desta história. Muitas coisas acontecem, muita reviravolta, muitas situações que dá vontade de jogar o livro longe e no segundo depois pensar "quero um filme deste livro". E quando você pensa que o livro acabou que o que você esperava enfim acontece vem nosso querido autor e .... "sabe de nada inocente"!

Humor negro está bem presente no livro, Raphael Montes também faz uma grande critica a sociedade no que tange a nossa cultura de comer carne, o apelo dele chega a ser tão interessante que eu lia as mensagens que ele trazia neste aspecto e me pegava pensando, 'mas não é que é mesmo?', cheguei a olhar meio de lado assim a carne do meu almoço esses dias rsrsrsr.

O autor mais uma vez se superou, a escrita dele me encantou desde o primeiro contato, mas com certeza este é meu preferido de todos, fiquei encantada com os perfis psicológicos construídos para cada personagem, o que mais me deixava vidrada era tentar entender o que se passava na cabeça louca de cada um. Enfim ... Fantástico!


05 setembro 2016

Resenha [112] Mentira Perfeita // Carina Rissi

Título: Mentira Perfeita
Autor: Carina Rissi
Editora: Verus
Número de Páginas: 461
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione

Compare: Amazon ♥ Americanas ♥ Submarino ♥ Saraiva



"Uma mentirinha de nada não podia ter consequências tão graves assim."


Oi gentee!! Mais um da diva Carina Rissa porque sim! Acho que é minha autora nacional favorita do momento. Amo suas histórias e a maneira que ela transmite mil e uma sensações para o leitor, sério, fico angustiada, feliz, triste, da para sentir na pele tudo que os personagens passam, e quando livro acaba bate aquela saudade de  cada um deles.

Os personagens principais da história são Julia e Marcus ( o Marcus aparece como irmão do Max em Procura-se um marido). A história começa com a tia de Júlia no hospital, Júlia se desespera com a possibilidade de perder a tia, a única pessoa que ela tem no mundo e inventa uma "mentirinha" para deixar sua tia mais animada e quem sabe melhorar a saúde também ...
Júlia fala para tia Berê que ela arrumou um namorado dos sonhos, um rapaz lindo e romântico que está prestes a pedi - la em casamento.
Milagrosamente, tia Berê tem uma melhora considerável e volta para casa já começando a arrumar os preparativos do casório próximo de Júlia.
Júlia por sua vez fica no impasse, como sair desta? Conto a verdade colocando em risco a saúde delicada da tia Berê ou arrumo um namorado de mentira?


Eis que aparece Marcus na vida de Julia e faz aquela proposta, que tal eu ser seu namorado de mentira e você finge ser minha cuidadora para que eu finalmente possa ir morar sozinho e minha família não ficar tão preocupada? 
Marcus é um personagem super divertido, ele sofreu um acidente de moto e acabou perdendo o movimento das pernas, mas tem uma super confiança em voltar a andar algum dia, além do lado divertido Marcus também nos apresenta um lado fofo neste livro, todo sentimental e meio nerd, apaixonei.
Júlia logicamente fica com o pé atrás com esta proposta mas acaba aceitando e ai a mentira começa a virar uma perfeita verdade rsrsrs. 
Como nos outros livros de Carina, o livro é envolvente, você não quer parar de ler, você não vai dormir enquanto não ler só mais um capítulo.
Os personagens são divertidos, mas Júlia tinha hora que me irritava com seu jeito certinho cheio de mi mi mi.


Gostei da história, mas eu achei que o tema me lembrava muitoooo procura-se um marido, ficava com a impressão, já vi esta história antes ...
Algumas situações achei um pouco forçadas também, o desenrolar de um mistério que termina com um ápice mais para o fim do livro, me incomodou um pouco, mas nada que interfira na leitura.
O ponto alto do livro que me chamou muita atenção foi o fato da Carina ressaltar as inúmeras dificuldades que um cadeirante pode passar e nos passa despercebidos, e também as inúmeras possibilidades que existem quando se está em uma cadeira de rodas.
No geral o livro é divertido e fala sobre insegurança, superação, problemas familiares, amor e amizade. Uma leitura leve e descontraída.




01 julho 2016

[Resennha 111] Dias Perfeitos // Raphael Montes


Título: Dias Perfeiros
Autor: Raphael Montes
Editora: Cia das Letras
Número de Páginas: 280
Ano de publicação: 2014
Skoob: Adicione


Compare: AmazonAmericanasSubmarinoSaraiva


“Não queria parecer doente ou maníaco. Com o tempo, ele ia provar a Clarice que ela estava errada. Jamais seria capaz de cometer abusos: faltava-lhe o instinto animal que os homens ganham ao nascer. Essa era apenas uma de suas qualidades. Se houvesse mais gente como ele, o mundo seria melhor.



 Eu terminei de ler este livro meio chocada com tudo que li nestes 4 dias de leitura.

É uma história de amor obsessivo, onde Téo, um jovem sociopata se apaixona por Clarice, uma garota com espírito livre e que carrega o sonho de ser uma roteirista.

Téo nunca foi lá muito apegado as emoções, sua única amiga era Gertrudes, uma defunta doada a sua universidade para estudos que nunca lhe importunava, questionava, sequer falava com ele (imaginem o porquê rsrs). 
Quando Téo se descobre "apaixonado" por Clarice, a mocinha desgarrada que conheceu em um churrasco que sua mãe o obrigou a comparecer, ele acredita que tem que ser correspondido a qualquer custo. E quando digo a qualquer custo, imagine as mais louca e psicóticas formas de "prova de amor". 
Obviamente para Clarice Téo é só um cara um tanto quanto diferente que ela conheceu no evento, deu um beijo apressado e que nunca mais o veria. Pobre Clarice.
Téo em sua paixão desenfreada começa a perseguir a moça de longe, até que se aproxima o bastante para saber que não é correspondido, o que para ele é só uma questão de tempo para reverter este quadro. 
Téo tem a brilhante ideia de fazer uma viagem/sequestro com Clarice para que ela o conheça melhor, e nós leitores também. E ai meu caro leitor, haja estômago.

Eu abominei o personagem, mas ao mesmo tempo queria tanto entender por qual motivo ele agia da forma que agia que me peguei devorando o livro. Vocês não fazem ideia das loucuras que se passam na cabeça do personagem e do quão é normal para ele.
Eu li tudo muito rápido, a leitura é alucinante, o autor nos presenteia com uma riqueza de detalhes que perturba qualquer cabeça. A lógica do personagem para justificar suas ações são indescritíveis.
Você começa a viajar e criar nuances para que a história se reafirme, tenta enxergar vilãs onde não tem, mocinhos onde não existe, juro, criei tanto desfecho para história e não passei nem perto.

Duas coisas não me agradaram no livro, primeiro algumas situações que fogem muito da realidade e segundo o final um tanto quanto corrido, personagens apáticos diante dos acontecimentos óbvios, enfim o livro é muito bom mas para mim deixou a desejar em alguns poucos aspectos!
Mas isto é um ponto de vista meu, há quem achou o final excepcional. No mínimo inimaginável foi!

Este é o segundo livro que leio do autor e quero muito ler o terceiro, o Suicidas, que também é muito bem falado pela crítica em geral.
Raphael Montes já entrou para meu hall de autores favoritos sem dúvida, escreve um de meus gêneros literários favorito da vida e ainda é nacional! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...